Admire a impressionante arquitetura Beaux-Arts e o luxuoso interior do Palais Garnier, que serviu de inspiração para a peça "O Fantasma da Ópera"

Esse teatro do século 19 é um dos edifícios mais luxuosos de Paris e uma das casas de ópera mais famosas do mundo. Encomendado por Napoleão III, o edifício foi projetado por Charles Garnier no estilo Beaux-Arts, bastante popular na época, com pesados lustres de cristal, grandiosas escadarias de mármore e decoração em ouro.

Atual sede do Balé de Paris, o teatro tem 2.000 assentos e continua tão magnífico quanto sempre foi – parada obrigatória em qualquer visita a Paris. Faça uma viagem ao passado para admirar toda a extravagância do fim do século 19.

Observação: O Paris Pass proporciona entrada gratuita para as visitas guiadas em inglês somente nos horários indicados.

Destaques:

  • Lustre de sete toneladas, todo em bronze e cristal
  • Escadaria principal em mármore branco italiano
  • O Grande Saguão dedicado a musas alegóricas e decorado com mosaicos e afrescos
  • Palco e teatro impressionantes
  • Rotundas em mármore para a alta sociedade

Você sabia:

  • O enorme lustre da Casa de Ópera pesa sete toneladas e recebeu críticas no passado por obstruir a visão dos espectadores do quarto andar
  • Garnier projetou a escadaria como se fosse um teatro, para que os frequentadores da Ópera pudessem admirar uns aos outros – como se fosse um show de figurinos antes do espetáculo
  • Um arco-íris de mármores – a escadaria tem mármore branco da Itália, mármore verde da Suécia e mármore vermelho, além dos toques de jaspe e ônix franceses!
  • A obra "O Fantasma da Ópera" foi escrita por Gaston Leroux em 1910 e parcialmente inspirada em acontecimentos reais – diz a lenda que o esqueleto de uma bailarina foi encontrado no Palais Garnier…
  • A Ópera Garnier inspirou diversas construções no mundo todo, como o Edifício Thomas Jefferson em Washington, o Teatro Juliusz Słowacki na Cracóvia e o Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Não perca:

A escadaria principal

A imponente escadaria de mármore é um dos elementos mais impressionantes da Ópera Garnier, e foi inspirada no Grand Théâtre de Victor Louis, em Bordeaux. Não há como não se admirar com a grandiosidade do projeto e sua arquitetura – é muito mais que uma escadaria comum, com mesclas de luxuosos mármores da Itália, da Suécia e da França, além de pedras preciosas que brilham sob as luzes do teatro. A escadaria é rodeada por 30 colunas monolíticas de mármore e iluminada por grandes lustres – outro deleite para os olhos são os afrescos do teto, pintados por Isidore Pils.

O Grande Saguão

Charles Garnier foi pioneiro no uso de mosaicos como elementos de decoração na França, adornando as abóbadas que levam ao saguão principal com padrões cheios de detalhes. O piso dourado traz mosaicos alegóricos de Diana, Eurídice, Aurora e Psique. Com impressionantes 154 metros de comprimento, o saguão fica entre duas enormes lareiras, e é complementado pelo belíssimo afresco pintado por Paul Baudry, em 1874, que se estende por todo o teto.

O lustre

O lustre de bronze e cristal da Ópera de Paris é um dos mais famosos do mundo. Dizem que, no final dos anos 1890, o contrapeso do lustre teria se quebrado e caído, atravessando o teto e provocando a morte de um espectador. A tragédia inspirou uma cena de O Fantasma da Ópera. Apesar de obstruir ligeiramente a visão do quarto andar na época de sua inauguração, o lustre se tornou um dos elementos mais icônicos da Ópera Garnier.

Rotundas

A "rotunda dos contribuintes" era a galeria dos visitantes mais assíduos, em geral, a elite de Paris. Eles recebiam convidados em camarotes particulares e tinham direito a tratamento VIP. Os aposentos foram entregues com atraso e com seus elementos decorativos invertidos, mas hoje é possível admirar as dezesseis colunas de mármore italiano e até mesmo encontrar a assinatura de Garnier nas colunas – o que não foi visto com bons olhos na época!

Observação: A visita é feita com um sistema de fones de ouvido. Para ter acesso ao dispositivo, os clientes devem fornecer um documento de identificação (passaporte ou identidade), que será devolvido no final da visita. É preciso fornecer um documento de identificação para visitas em família.

Como chegar:

- Opera (metrô 3, 7, 8)

Aproveite ao máximo o seu Paris Pass:

– Faça uma visita guiada gratuita à Ópera Garnier com o Paris Pass (preço normal: € 15,50)
– Visite outros lugares históricos de Paris, como a Catedral de Notre-Dame e o Palácio de Versalhes para descobrir a riqueza histórica e arquitetônica da cidade

Veja:
A lista completa de atrações incluídas

Veja a lista completa de atrações que inclui »

Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
Sábado
Domingo

Loading Map - Please wait...

Address:

8 Rue Scribe 75 009 Paris

Telephone:

+33 (0)1 42 46 92 10